Márcia Ramos
Fazer poesia é derramar amor sobre uma folha de papel em branco!
CapaCapa
Meu DiárioMeu Diário
TextosTextos
E-booksE-books
FotosFotos
PerfilPerfil
Livros à VendaLivros à Venda
Livro de VisitasLivro de Visitas
ContatoContato
LinksLinks
Textos






Um ladrão de lembranças!










O ser humano é um reservatório de ‘lembranças’; o bem maior oferecido nesta vida.
O alimento de uma existência!
É como colecionar moedas...
Diariamente você guarda ‘moedas’ no cofre da mente e elas, no momento certo, trazem a alegria, a tristeza, a dor, o amor, o ódio, os sonhos, mas principalmente, a certeza de estar vivo.
De repente, essas emoções são deixadas para trás.
Existe um ladrão que age sorrateiramente, chegando tão de mansinho que nem percebemos.
Ele é frio e impiedoso.
Rouba almas e corações!
De um filme lindo e colorido, sobram cenas em preto e branco.
Simples esquecimentos se transformam numa perda existencial.
Restam apenas os ‘ecos’ na lembrança.
É a chama da vida que se apaga lentamente!
O canto do sabiá e o perfume das rosas ficarão esquecidos...
Os dias e as noites serão sempre iguais...
No olhar, o eterno questionamento...
A imaginação será o seu maior inimigo...
A vida não terá mais sentido...
O que você foi ficará para trás!
O "mal de Alzheimer", um ladrão de lembranças!
Somente o amor para amenizar o sofrimento desta doença!
Valorize cada minuto da sua vida.
Encontre sempre motivos para sonhar!
Não perca tempo!
Seja feliz!


(Alzheimer é uma doença degenerativa que ataca os neurônios de pacientes).















http://www.marciaramos.recantodasletras.com.br/index.php






Márcia Ramos
Enviado por Márcia Ramos em 01/07/2012
Alterado em 01/07/2012
Copyright © 2012. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários